05/01/2011

HOMENS E MULHERES

Quando um homem e uma mulher decidem se unir, para juntos construírem uma vida, terão de superar as dificuldades causadas pelo fato de que o jeito como pensam e sentem as pessoas de um sexo é muito diferente da forma como fazem os integrantes do outro. Homens e mulheres têm este enorme distanciamento. O único instrumento que eles possuem para superar esta dificuldade consiste na compreensão mútua e no diálogo permanente. Curiosamente, a diferença de expectativas chega ao nível de se poder dizer que a mulher se casa esperando que o marido mude com o tempo, se torne mais maduro e mais responsável, deixe de querer fazer programas com os amigos etc. Enquanto o homem se casa com a esperança de que a mulher permaneça a mesma (continue a “gatinha” que ele conheceu, unicamente dedicada a lhe dar atenção). Isto ocorre, porque a mulher faz concessões para casar, ao passo que o homem faz exigências, devido ao fato de o casamento ser muito mais objeto do desejo feminino do que do masculino. Para a decepção de ambos, o homem pouco muda e a mulher se transforma consideravelmente.

Costumo dizer que, em geral, os homens namoram para poder transar, enquanto as mulheres transam para conseguir namorar. Isto dá bem a medida da diferença de valores afetivos que existe entre os sexos opostos. Aliás, a expressão “sexos opostos” caracteriza apropriadamente a questão da diferença – mais do que serem apenas diferentes, machos e fêmeas se opõem. Tal oposição precisa ser levada em conta quando procuramos preservar e valorizar uma relação de casamento. Somente aceitando a sua existência é que poderemos utilizá-la a favor da relação e conquistar a vitória de um casamento longo, sólido e feliz. Note-se que esta diferença de comportamento não é exclusiva da espécie humana. Também os animais apresentam sensíveis diferenças de comportamento entre seus machos e fêmeas.

Um comentário:

Caixas em Artes disse...

Fico pensando... O porquê, de todas sabermos dessas verdades e ainda acharmos, que os relacionamentos podem ser como sonhamos...